sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Viva e deixe-me viver


Pode ser que daqui alguns anos ou dias você mude, mude!
Enquanto isso te afasta do meu peito de vez...
Não me chames mais de meu amor!
Viva e deixe-me viver!
Deixe-me viver com a dor da tua ausência...
Deixe-me viver com a dor dou teu desprezo!
Enquanto vivi cá contigo, não sabia o quão grande seria essa dor.
Deixe-me viver sem a esperança de ter você.
Porque a saudade dos teus ósculos ainda permanecem em mim...
Quando me lembro dos teus santos beijos, lembro-me de você.
Enquanto esse sentimento vive em mim, escondo-me na escuridão da minha dor...
De agora em diante vivo pela metade, sem saber que a sua metade foi passageira.
Devo desintoxicar-me de você até deixar de te amar...
Afasta-te enquanto ainda tenho dor.





O seu comentário é muito importante para mim. Obrigado por sua visita! Volte sempre!