quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Porque amo você



Ate mesmo a chuva sabe a hora de parar.
As aves se entediam de cantar,
A criança enfada de chorar,
Mas o amor nunca desanima!
Já mais se aborrece, ele sempre acredita...
Acredita que o pior pode melhorar.
O amor nunca se aborrece!
É um laço que não separa, mas ajunta...
O amor; mesmo que imperceptível que seja,
Torna-se gigante e infinito quando entendido.
O amor é envolvente e nunca repudiado...
Como diz um antigo ditado:
O amor dobra até os mais brutos...
Nesse dia o inimaginável transforma-se em imaginável!
Porque o amor é assim!
O amor é incondicional...
E assim explico porque te anseio.
O porque o meu peito abre e o meu coração acelera ao ver você...
Só peço-te que não me deixes enfadar-me de você...
Pois bem!
Sou humano, e humanos erram, humanos se contradizem, humanos são humanos...
Amandio