terça-feira, 23 de setembro de 2014

Dois mil anos ao chão

Dizem que um antigo cedro foi ao chão e os homens que o derrubam, não tinham nem cem anos de idade. Mas o antigo cedro poderia ter os seus aproximados dois mil anos, que importa nè?
Dez, cem, duzentos, mil...
Era apenas uma gigante árvore que caiu indefesa sobre golpes da certeza humana, cerra elétrica, machado e cerrote.
É assassinato!
Mas o que importa?
Era apenas uma grande árvore sangrando e sua seiva ao chão é o seu sangue...
Podem chorar agora ó floresta rios, animais insetos.
Quando ouvirem os trovões e verem vendavais isso acontece desde os tempos remotos, porquanto o homem já devastava.
Amandio Sales