segunda-feira, 5 de agosto de 2013

no infinito encontrei uma estrela

Nada fiz para ganhar o teu beijo,
isso seria ganhar na loteria penso eu,
tudo quis para merecer ser beijado, 
mas nada fiz para merecer-te.
Seria eu um sonhador a olhar para o infinito,
com a ilusão de avistar a ultima estrela do céu?
Seria eu um mero filosofo. 
Um pensador tentando compreender o amor?
Deduzindo por teorias e algumas experiencias,
comparado à um cientista maluco,
tentando dividir o amor que sem querer o multiplicara...
Mas não, 
sou apenas um poeta que vai além do infinito,
e com exito avista a mais bela estrela, 
e consegue com poucas palavras,
traduzir o segredo no infinito,
olhando apenas uma simples estrela,
e emfim conclui:
Vale apena amar nessa imensidão de estrelas...
Amandio Sales