domingo, 28 de julho de 2013

Saturação

Saturação é quando um coração não suporta a pressão,
Saturado nesse cômodo estamos e acomodados ficamos,
Mesmos sorrisos e as mesmas brigas...
Permanece aquele velho apego largo ou não largo?
Não sei?
Como podemos sair da mesmice?
É tolice pensar assim!
Sem nexo estou perto desse abismo que me encontro.
Vem tudo agora dentro de mim, sacudir, pular e fugir!
Quando a palavra não faz sentido!
Qual forma correta de dar um basta nisso?
Fugir ou fingir o que não sou?
Sim!
Sei!
É quando teus beijos ficam amargos.
Quando teus abraços sufocam.
A minha flor murchou.
O beija-flor o gato do vizinho comeu!
Envenenaram o meu cachorrinho e ele morreu!
Não tenho sentimentos.
Vivo tremendo de medo!
Portanto sei;
Ei de perder-te...
Agora sou gótico por dentro.