quarta-feira, 4 de maio de 2011

O mairnheiro

Quero abraçar-te como nunca tivera recebido um abraço!
Quero beijar-te como fora a primeira vez!
Beijos, abraços, calor humano, a vida é feita de carinhos, uma nova amizade é o fim da solidão.
Um verdadeiro amor é redenção para a vida melhorar.
Querer nem sempre é poder, mas, pode ser que o nosso querer, um dia seja poder...
O querer de querer e permanecer-me em você assim! simples feito a vida tão complicada, é a via-sacra do amor é a luta por dias melhores é o querer em viver e persistir permanecendo no amor
é olhar a chuva e não temer, é olhar o dia e sorrir...
Mas tudo isso só valerá apena ao lado teu, porque você me completa e sem você sou só apenas um marinheiro solitário em meio de uma gigantesca tempestade, preciso de ti para enfrentar esta tormenta e quando chegar em casa, abraçar-te-ei como nunca tivera recebido um abraço teu e beijar-te-ei como fosse a primeira vez!