sábado, 2 de abril de 2011

Maria


Aqueles olhos, 
tão lindos e expressivos, 
e eu, admirador de tal beleza, 
olhos negros combinando com a face angelical, 
rosto igual não vi! 
Era Maria, 
tão cheia de vida a sorrir, 
e eu de longe a olhar com alegria 
por ela sorrir para mim. 
Maria, o teu nome é agraciado
porque Deus dá a plenitude da tua beleza.


São pequenos textos que vemos o quanto é bom escrever e ler, 
é soltar a imaginação e é pular para um mundo desconhecido, 
ler é aprender, é conhecer, quem ler nunca morre sem saber o que é sonhar 
sobre tudo é voar sem asas, a leitura é mágica.