sábado, 23 de abril de 2011

Alma quebrada


Sou assim sem você!
Criador sem cria,
Guerra sem paz,
Amante sem a amada,
Carta sem amor,
Sou alma quebrada
Sem você sou inútil
Não tenho serventia
Assim sou instrumento sem canção,
Riso sem alegria, poesia sem leitor, canção sem voz!
Por fim torno-me alma quebrada.
Amar-te é criar versos,
É ter os sentimentos livres é amar sem limites. É estar preso por vontade, sem notar a liberdade...




Adriana sem você sou inútil, sentido pra mim não há...