quinta-feira, 31 de março de 2011

Poesia

Tenho algo a falar!
Uma poesia vai contar;
Vivo para pensar,
Que num mundo pessoa mais bela não à!
Vendo teu riso continuo e lindo, penso eu:
Merece ser contado,
Amor na poesia,
Vivia eu a sorrir com teu riso lindo enfeitando a face,
Poesia cantada em uma prosa de amor,
Amor que nasce de um poema perplexo de caricias,
É alma acariciada. O tempo conta os teus passos,
O vento sopra o teu perfume leve e chega até mim!
Poesia que toca uma carta com leveza e perfumada com o doce de jasmim!
Para eternizar o meu carinho te faço um poema de amor acarinhado,
Vivo eu ao teu lado, no silencio de meus olhos admirados,
És perfeita, assim Deus quer, ao longo possas ser tocada com minhas doces palavras que são levadas nas asas de minha imaginação.
Poeta eu que vivo a mentir para ver um amor tornar uma verdade na forma de criação.